PSD avança na próxima legislatura com proposta de legalização da cannabis para fins recreativos

Segundo deputado social-democrata Ricardo Baptista Leite, substância deverá ser vendida em farmácias comunitárias, a maiores de 21 anos. João Goulão está contra venda em farmácias.


Aprovado o uso da cannabis para fins medicinais, o PSD deverá avançar com uma proposta de legalização daquela substância para fins recreativos, já na próxima legislatura. “Neste momento, temos a evidência científica para podermos dar esse passo, dentro de um modelo regulatório firme, baseado nas experiências internacionais, e em linha com aquilo que o PSD aprovou no último congresso”, declarou ao PÚBLICO o deputado social-democrata Ricardo Baptista Leite. 


Segundo o social-democrata, a proposta apresentada pelo Bloco de Esquerda na actual legislatura só não contou com o apoio do PSD “porque o BE insistiu numa lógica de auto-produção e o PSD não pode concordar com isso, porque se torna impossível regular a concentração da substância activa” da cannabis e logo os seus potenciais efeitos adversos junto nos consumidores. Tal como o BE, o PAN viu chumbada, em Janeiro, uma proposta de legalização da cannabis para fins recreativos. A